As Jogadoras

Vamos falar primeiro da jogadora brasileira Teliana. Ela se profissionalizou em 2005 e possui dois títulos em simples da WTA. É a tenista número dois do Brasil. Na época da primeira edição do Brasil Tennis Cup, Teliana ingressou no Top 100 isso levou um tempo. Entrar no Top é muito difícil e poucos conseguem, lembrando que ela foi a primeira brasileira a entrar na categoria. Hoje, ela está na posição 304 no ranking. Quem faz parte do Top 100 nos dias atuais é Beatriz Haddad Maia, sendo a única brasileira.

O Top 5 do torneio 2016, em Florianópolis:

Muitos dizem que essa foi a lista de jogadoras mais pesada de todos os tempos, em primeiro lugar:

1ª – Irina Camelia Begu

Irina é da Romênia, seu melhor ranking, 29ª (8 de junho de 2015) de simples, pela WTA.

Possui vários títulos, sendo campeã na categoria single (individual) em 2012 – Tashkent, 2015 – Seul, 2016 – Florianópolis, 2017. Foi finalista em 2011 – Marbella, Budapeste e em 2014 – Moscou.

Na categoria doubles (duplas), foi campeã em 2012 – Hobart (com Niculescu), 2013 – Hertogenbosch (com Medina Garrigues), 2014 – Rio de Janeiro (com Irigoyen) e em Seul (com Arruabarrena) e 2017 – Bucareste (com Olaru) e em Tianjin (com Errani).

Finalista em 2012 – Fès (com Cadantu) e em Luxemburgo (com Niculescu) e no ano de 2015 – Rio de Janeiro (com Irigoyen) e em Wuhan, Moscou (com Niculescu).

Existem outros títulos, mas os citados são da WTA.

 

2º – Caroline Gargia

Caroline é francesa, foi treinada pelo pai, fez muitos esportes quando era mais nova e o tênis foi o que mais se identificou. Seu melhor lugar no ranking foi, 25º (23 de março de 2015) em simples, pela WTA.

Seus títulos na categoria individual são em Bogotá no ano de 2014, Limouges em 2015, 2016 ganhou em Estrasburgo, Maiorca e 2017 fez sua vitória Wuhan, Pequim. Foi finalista em Acapulco, Monterrey no ano de 2015 e Limouges em 2016.

Na categoria de duplas, ganhou em 2013 – Taipei (com Shvedova), 2014 – Bogotá (com Arruabarrena), 2015 – Eastbourne (com Srebotnik) e 2016 – Charleston, Stuttgart, Madrid, Roland Garros (todos com Mladenovic).

Foi finalista em 2014 – Wuhan (com Black), Linz (com Beck) e Moscou (com Parra Santonja), 2015 – Brisbane, Stuttgart e Toronto (todos com Srebotnik) e 2016 – Sydney, Dubai, US Open e Pequim (todos com Mladenovic).

Existem outros títulos, mas os citados são da WTA.

 

3ª – Jelena Ostapenko

Jelena é uma tenista profissional letã. Tem 20 anos e se profissionalizou em 2012. Iniciou no tênis quando tinha cinco anos de idade e sua mãe foi sua primeira treinadora. Em 2017 fez história por ser a primeira pessoa nascida na Letônia a vencer um torneio do Grand Slam de tênis. Seu melhor ranking é 12º (12 de junho de 2017) em simples, pela WTA.

Seu título em individual é em Roland Garros, Seul – 2017. Foi finalista na Cidade de Québec – 2015, Doha – 2016 e Charleston – 2017.

Na categoria duplas, venceu em Stuttgart (com Atawo) e São Petersburgo (com Rosolska) – 2017.

Existem outros títulos, mas os citados são da WTA.

 

4ª – Yulia Putintseva

Yulia é uma tenista profissional do Cazaquistão, porque mudou sua representação em 2012. Ela entrou no tênis incentivada pelo pai, mudou para Paris para treinar na Academia Mouratoglou, pois ganhou um grande evento aos 14 anos. Sua melhor posição no ranking é 88º (29 de abril de 2013) em simples, pela WTA.

Foi finalista na categoria individual em São Petersburgo – 2017.

Participou da equipe da Copa do Fed do Cazaquistão de 2014 a 2016.

5ª –  Laura Siegmund

Laura é uma tenista profissional alemã, iniciou no tênis aos 3 anos de idade, se ela não fosse jogadora, gostaria de ser psicóloga do esporte (ainda espera ser). Seu melhor ranking é 113º (13 de agosto de 2015) em simples, pela WTA.

Suas vitórias na categoria individual são, Bastad – 2016 e Stuttgart – 2017. Foi finalista 2016 – Stuttgart.

Na categoria duplas, ganhou em 2015 – Hertogenbosch (com Muhammad), Florianópolis (com Beck) e Luxemburgo (com Barthel). Foi finalista em 2015 – Marrakech (com Zanevska) e 2016 – Mallorca (com Friedsam).Existem outros títulos, mas os citados são da WTA.

E por último na categoria duplas mistas, ganhou a US Open (com Pavic) – 2016.